• Test alt

Bem-vindo à ProFaM

O que a ProFaM oferece

ProFaM oferece às mulheres a oportunidade de armazenarem seu próprio tecido ovariano. O primeiro passo é a remoção, por procedimento cirúrgico de um fragmento do ovário. Este fragmento de tecido é preparado em laboratório altamente especializado e de alta tecnologia, sendo dividido em pequenas faixas de alguns milímetros de espessura. Estas faixas de tecido podem ser congeladas (criopreservadas) para serem utilizadas futuramente.

Uma vez descongeladas, mesmo décadas mais tarde, estas faixas de tecido podem fornecer óvulos com potencial para serem fertilizados ou simplesmente para a produção natural de hormônios indispensáveis para adiar a menopausa. Para saber mais sobre como este procedimento é realizado, suas implicações e como isto pode impactar sua vida, leia nossas respostas às perguntas frequentes em FAQ.

Sobre a empresa

A ProFaM foi fundada para permitir que mulheres pudessem preservar sua fertilidade e para fornecer uma opção para adiar naturalmente a menopausa e seus sintomas.

A empresa foi implantada por líderes mundiais em fertilidade, laparoscopia e criobiologia ovariana em associação com o grupo CARE Fertility, da Unidade de Terapias Avançadas da Universidade de Birmingham, Reino Unido. A ProFaM é licenciada pelo Human Tissue Authority (HTA), órgão regulador do Reino Unido, e atua dentro dos mais rígidos padrões de excelência.

A fundação Birmingham Women’s and Children’s NHS Trust trabalha em conjunto com a ProFaM para realizar o armazenamento de tecido ovariano de meninas com câncer, oferecendo o procedimento antes que as pacientes sejam submetidas a tratamentos gonadotóxicos que possam causar danos aos seus ovários e, futuramente, torna-las inférteis.

A ProFaM é para todas a mulheres?

O procedimento oferecido pela ProFaM não é indicado para mulheres que já estão em menopausa ou próximas a ela. Isto porque quando uma mulher entra em menopausa seus ovários estão deixando de funcionar e, consequentemente, não há mais tecido ovariano funcional para ser armazenado.

Como regra geral, potenciais pacientes têm menos de 40 anos. No entanto, as circunstâncias podem variar e a indicação do procedimento depende dos resultados de alguns exames e das conclusões médicas após uma consulta. Para saber mais, leia nossas respostas às perguntas frequentes em FAQs.

O que torna nossa tecnologia pioneira na área?

A ProFaM conta com um time de cirurgiões altamente experientes, criobiologistas e pesquisadores científicos. O procedimento é baseado em resultados obtidos após décadas de pesquisa e muitos anos de trabalho clínico com pacientes oncológicos, realizados pela Profa. Dra. Christiani Amorim. Ela é responsável pelo treinamento e supervisão dos criobiologistas da ProFaM (clique aqui para ver as evidências)..

O tecido é processado em laboratório mundialmente renomado, disponibilizado pela unidade de Terapia Avançada de Tecidos da Universidade de Birmingham. Contamos com oportunidades de desenvolvimento de cientistas na área médica e o mais alto nível de liderança científica e clínica.

A ProFaM é a primeira empresa no mundo a oferecer às mulheres jovens a oportunidade de preservar parte de seu tecido ovariano com o propósito de possibilitar futuramente sua produção natural de hormônios. Isso significa um “tratamento de reposição hormonal” natural, onde a produção de seus próprios hormônios se dará de forma rítmica e cíclica como ocorre naturalmente.

A ProFaM é uma parceria entre a indústria, o National Health Service (NHS) e a Universidade de Birmingham e é licenciada pelo Human Tissue Authority (HTA), Reino Unido.

Clique aqui para saber mais sobre os valores..

Pesquisa e experiências de pacientes


Transplante de tecido ovariano: Dra. Khattak explica o objetivo de sua pesquisa


Ouça o que a Dixi, uma paciente que teve seu tecido ovariano transplantado, tem a dizer sobre sua experiência

Você estará pronta?

Nunca se sabe o que o futuro nos reserva, então “congele” seu relógio biológico e prepare-se para o futuro.

Consultas com os médicos da ProFaM

Uma consulta detalhada será realizada com um de nossos médicos. Serão solicitados exames para avaliação da reserva ovariana, como exames de imagem e de sangue. Todos os detalhes serão considerados e outros testes necessários serão solicitados. Após a consulta médica, uma consulta com uma enfermeira especialista é agendada. Clique aqui para ver detalhes das consultas na ProFaM. Clique aqui para agendar uma consulta na ProFaM.

Clique aqui para agendar uma consulta na ProFaM.

Nossos fundadores

Somos um grupo de especialistas que se uniu para criar esta oportunidade única.

University of Birmingham CAREfertility